Browsing Category

Poeminhas

Poeminhas

Poeminha de flor

Veio numa tarde de sol

Fez morada no meu peito, como se fosse um passarinho

Minha flor, meu bem querer

Fizeste do meu ventre um jardim, e dos meus braços fizeste um ninho. 

Minha flor, meu bem querer

Fica no meu colo mais um pouquinho, 

Não tenha pressa em crescer. 

Me envolve com teus bracinhos,

Fecha os olhos devagarinho, 

Me deixa te acalentar, te ninar, te amar. 

Me deixa sonhar que o ninho nunca deixarás

Mesmo quando tuas asas forem grandes o suficiente pra voar, alto, livre, mas sem jamais me esquecer.