Maternidade

Romantização x Demonização

Ultimamente tenho visto cada vez mais textos e postagens nas redes sociais criticando e combatendo a romantização da maternidade. Na verdade, salvo um post aqui e ali falando positivamente sobre o ofício de ser mãe e o amor incondicional que a gente descobre, os posts que mostram as dificuldades e sofrimentos da maternidade, muitas vezes ilustrados por imagens de “expectativa vs realidade” são a maioria! Então, será que estamos mesmo vivenciando uma romantização da maternidade, ou esses valores já se inverteram sem que a gente se desse conta, e agora o que está em alta mesmo é a demonização da maternidade? 

Eu não sei, mas acredito que precisamos buscar um ponto de equilíbrio entre esses dois extremos. Maternar é difícil, mas quem disse que viver, no geral, seria fácil, somente curtição? A vida é cheia de desafios e etapas, e é exatamente nesse caminhar que aprendemos a ser pessoas melhores. É nisso que acredito; acho que a evolução e melhoramento como indivíduo é o ofício do ser humano, o fato de sermos seres inteligentes nos traz imensa responsabilidade. 

O bom da maternidade é que você tem 9 meses pra se preparar. Isso é quase um ano! A natureza é muito sábia, por isso não traria uma mudança desse calibre na sua vida de um dia pra noite. Então, ao invés de absorver toda a negatividade dos que demonizam a maternidade ou se alienar com a superficialidade das otimistas congênitas,  procure informação real, fatos. Procure relatos de experiências pessoais também, mas sempre tendo em mente que todo mundo tem experiências diferentes. Leia um bom livro sobre amamentação, mas não esqueça que o parto e as intervenções sofridas pela mãe e pelo bebê também vão influenciar o sucesso da amamentação. E quando o parto empodera a mulher, imagina como isso influencia o puerpério? Está tudo conectado. Mas não acredite em mim, busque se informar de verdade. Esse é o preparo. 

Primeiro se empodere com conhecimento, para que depois possa se empoderar com a experiência. 

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply